4 Remédios caseiros para perder peso e barriga

Perder peso não é fácil, tanto que existem variadas dietas, site e blogs focados no assunto. Portanto, não se sinta uma alienígena por não conseguir perder peso.

Ninguém é igual, muitas vezes aquela dieta que funciona para um, não funciona para outro.

Porém, alguns remédios caseiros para emagrecer e perder a barriga podem ser ótimos aliados nessa conquista, ajudar a desintoxicar o organismo, e até eliminar gorduras e toxinas.

E não é só isso, alguns alimentos também possuem propriedades diuréticas que ajudam a eliminar o excesso de água no organismo, sendo também uma boa alternativa aos perigosos  remédios para emagrecer.

Além dos alimentos abaixo, o maxifina funciona muito bem para perder barriga, e se você fizer o uso dele juntamente com exercícios físicos os resultados ainda serão muito melhores.

Confira alguns poderosos remédios naturais para emagrecer.

1. Chá verde

Chá verde com gengibre pode ser um ótimo substituto da água, ajudando a perder peso e barriga, pois seus ingredientes são diuréticos e têm ação termogênica, o que  aumenta o gasto calórico, mesmo em repouso.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de chá verde;
  • 1 colher de chá de gengibre ralado;
  • 1 litro de água fervente.

Modo de preparo

Em uma panela, junte todos os ingredientes e deixe descansar por alguns minutos. Coe e vá bebendo o chá aos poucos, várias vezes ao dia.

2. Chá de hibisco

Planta muito conhecida para perder peso, por ser rico em antocianinas, compostos fenólicos e flavonoides, o hibisco ajuda a regular os genes envolvidos no metabolismo dos lípidos, reduzindo as células de gordura.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de hibisco seco ou 2 sachês de chá de hibisco;
  • 1 litro de água em início de fervura.

Modo de preparo

Após ferver a água, acrescente as flores do hibisco e, então, tampe o recipiente e deixe repousar por 10 minutos, antes de coar e beber. Tome 3 a 4 xícaras deste chá diariamente, meia hora antes das principais refeições.

3. Água de berinjela

A água da berinjela é conhecida por ajudar a eliminar gordura, baixando também o colesterol.

Ingredientes

  • berinjela com casca;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Deixe 1 berinjela de molho em 1 litro de água, por 6 horas, depois, bata tudo no liquidificador.

4. Chá de gengibre

Muito eficaz para emagrecer, o chá de gengibre é um potente diurético e, também, um alimento termogênico, aumentando o metabolismo e ajudando a gastar mais energia.

Ingredientes

  • 2 cm de gengibre fresco;
  • 1 colher de chá de gengibre em pó;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes numa panela, deixe ferver por cerca de 8 a 10 minutos. Desligue o fogo, tampe a panela e espere amornar para coar e beber. Tome esse chá 3 vezes por dia.

E é isso, agora é aproveitar essas receitas e, também, praticar atividades físicas e evitar alimentos industrializados, frituras, refrigerantes com açúcar, carboidratos refinados e, com certeza, em pouco tempo, verá que conseguiu perder peso e barriga.

Dicas para manter os cabelos bonitos e saudáveis no inverno

O inverno está batendo à porta e devemos nos preparar para sua chegada, já que os dias mais frios costumam fragilizar nosso organismo, como um todo, e os cabelos não ficam de fora disso.

Assim, é preciso redobrar os cuidados com os fios no inverno. Por isso preparamos esse artigo, para você saber como cuidar dos cabelos na estação mais fria do ano.

Veja abaixo dicas para manter os cabelos bonitos e saudáveis no inverno.

Fios ressecados

No inverno, é comum usar água muito quente na hora de lavar os cabelos, só que o banho muito quente e prolongado acaba retirando o óleo natural do couro cabeludo, manto hidrolipídico, que é a camada protetora do couro cabeludo e tem a função de lubrificá-lo. Assim, sua total retirada, provocada pela água quente, pode dar aos fios um aspecto de cabelo áspero e ressecado.

A dica é lavar os cabelos com água morna, O que pode ser feito tomando um banho quente, se desejar, mas em vez de deixar os cabelos embaixo da água por 30 ou 40 minutos, deixar para lavá-los por último, nos cinco minutos finais de banho. Pode prende-los ou usar touca de banho para evitar molhar os cabelos durante o banho.

Mas, atenção, o banho quente não é o único vilão, quando o assunto é cabelo ressecado, já que no inverno costumamos beber menos água, o que acaba enfraquecendo os fios. Por isso, não deixe de beber muito líquido, mesmo que as temperaturas estejam baixas, serve chá, café, sucos…

Cabelos oleosos

Quem às vezes não fica sem coragem de encarar um banho naqueles dias mais frios? Lavar os cabelos, então… Com certeza, no inverno lavamos menos vezes os cabelos, só que, infelizmente, essa demora pode aumentar a oleosidade do couro cabeludo.

E mais, lavar com água quente pode não só ressecar, como, em alguns casos, aumentar a oleosidade.

Assim, a dica é procurar lavar, pelo menos, 3 vezes por semana, e com água morna (seguindo a dica acima).

Cabelos quebradiços

Ninguém mercê aqueles fios arrepiados no alto e laterais da cabeça, não é mesmo? Então, esse frizz, que teima em ficar em pé, geralmente, é causado pela quebra dos fios.

Embora seja mais comum os fios se quebrarem após processos químicos, no inverno, os fios sofrem mais com a ação de fatores externos e, por isso, ficam mais rígidos e quebram mais facilmente, uma ótima dica para que evite essa quebra dos fios é fazer o uso de produtos naturais, e o big hair funciona perfeitamente para fortalecer seus cabelos.

Por isso, nessa época, a dica é não sair de casa, nunca, com os cabelos molhados, pois a água que fica nos fios se solidifica, facilitando a quebra da fibra capilar.

Cabelos sem brilho

Mesmo que você até use cremes para evitar o ressecamento e tome os devidos cuidados para evitar a oleosidade, existe um outro problema que costuma aparecer no inverno, que é a falta de brilho nos fios. É preciso entender que os fios de cabelo são formados por várias escamas, a água quente e o uso de secadores e pranchas, faz com que essas escamas fiquem abertas e, por isso, não reflitam a luz do dia. A dica para contornar a situação é apostar em uma hidratação, que deve ser feita de forma constante, não apenas no inverno,  para um melhor resultado. Uma vez a cada quinze dias é o ideal.

Uso de secador

Sem dúvida, principalmente, nessa época do ano, o secador é um aliado, só é preciso, no entanto, que não se use um vento muito quente e próximo aos fios. Outra dica é evitar fazer escova todos os dias, para não deixar os fios finos e desgastados. O ideal é usar o secador só para sevar os fios e depois, caso o secador tenha essa opção, usar um jato mais frio, para fechar as cutículas capilares, evitando o ressecamento.

Queda de cabelo

Infelizmente, é no inverno que, também, os cabelos costumam cair mais. E isso é porque, além do ressecamento e lavagem em menor frequência, costumamos comer comida mais gordurosa nessa época e nosso sistema imunológico também fica mais fragilizado com o frio.

Uso de acessórios

É preciso muita atenção no uso de artifícios próprios dessa estação, como chapéus, boinas, toucas de lã, que infelizmente podem  trazer alguns prejuízos aos cabelos, como o aumento da oleosidade, já que eles abafam o couro cabeludo, favorecendo, também, a proliferação de fungos e bactérias. Por isso, a dica é alternar seu uso e higienizá-los, ao menos, uma vez por semana, com um bactericida e, jamais, use algum deles enquanto o cabelo estiver molhado.